Bornos e Grazalema – Pimentos Padrón com presunto e queijo payoyo

Bem vindos a Bornos e Grazalema, duas localidades encantadoras que fazem também parte da rota dos Pueblos Blancos.

Saímos de Arcos de La Frontera, e dirigimo-nos à pequena localidade de Bornos. Vale a pena uma paragem para apreciar o belíssimo paseo marítmo (barragem), muito procurado para a prática de desportos náuticos. A paisagem é realmente muito bonita, o azul da água, o branco das casas e a serra de grazalema ao fundo, conferem a este local uma mística muito especial. O cenário é, calmo, sereno, idílico.

bornos

 

A nível de história e património, destaque para o Convento de Corpus Christi, o Mosteiro de Santa Maria do Rosário, a Igreja Paroquial de S.Domingos de Gusmão e o Jardins do Palácio dos Ribera.

A gastronomia desta zona é muito baseada nos produtos da terra, os espargos selvagens, por exemplo são uma iguaria muito comum. Um prato muito típico desta localidade é o Abajão, que nada mais é do que uma sopa de espargos, com batatas, pão duro e ovos, muito ao estilo das sopas alentejanas.

O próximo destino em mente, após uma passagem relâmpago pelas localidades de Vila Martín e El Bosque, seria Grazalema, um pequeno vilarejo escondido no meio da serra, situado dentro do parque natural com o mesmo nome.

grazalema3

grazalema4

Aqui vale a pena explorar o comércio tradicional, onde o produto rei é o queijo payoyo, um queijo de cabra fabricado de modo artesanal. De sabor levemente adocicado e suave, é muito agradável ao palato. Os produtos de lã, como as mantas e os ponchos, são também aqui uma tradição.

Resumindo, vale muito a pena visitar este pequeno recanto (que dizem que é a zona de Espanha onde chove mais!) e perder-se pelos pequenos pormenores que a caracterizam. O caminho de volta não é fácil, é um caminho de serra, com muitas curvas e contracurvas, mas ao mesmo tempo, o tédio transforma-se em deslumbramento face à paisagem que se nos apresenta ao olhar. O tempo parece diminuir o seu ritmo para que possamos absorver a totalidade de tudo o que observamos.

Estamos na Andaluzia, num dos locais mais bonitos de Espanha, e quiçá do mundo inteiro!

grazalema

grazalema1

Perante este cenário, outros sentidos despertam, inspirados pelo que vimos e sentimos, pelas recordações que trouxemos na bagagem! Afinal a comida, a gastronomia é isto mesmo, é os bocadinhos que vêm connosco, a experiência do que fomos algum dia, nalgum lugar.

Trazemos para a mesa, viagens, sentidos, sonhos e prazeres. Desta combinação, só pode resultar algo muito bom!

Partilho convosco:

Pimentos Padrón com presunto e queijo payoyo

padron

Pimentos padrón com presunto e queijo payoyo

Ingredientes

  • 1 embalagem de pimentos padrón
  • fatias de presunto
  • quejo payoyo (pode usar outro a gosto) para rechear
  • 0,5 dl de azeite

Instruções

  1. Comece por arranjar os pimentos para os rechear: faça um corte lateral no pimento, (se quiser retire as sementes) e coloque o queijo no interior.
  2. Enrole e feche com o presunto.
  3. Num frigideira aqueça o azeite e salteie os pimentos até o presunto ficar dourado e estaladiço.
  4. Bom apetite!
http://www.arcadosabores.com/bornos-e-grazalema-pimentos-padron-com-presunto-e-queijo-payoyo/

padron3

padron1

 

 

 

Partilhe com os seus amigos
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest2

Adicionar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *